Você está aqui: Página Inicial > Outras Notícias > 2012 > Dezembro > TRF3 ganha prêmio "Conciliar é legal" do Conselho Nacional de Justiça

TRF3 ganha prêmio "Conciliar é legal" do Conselho Nacional de Justiça

publicado 04/12/2012 18h45, última modificação 11/06/2015 17h10

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) foi o grande vencedor do III Prêmio Conciliar é Legal do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na categoria “Justiça Federal”. A cerimônia de premiação será realizada no dia 11 de dezembro no plenário do CNJ em Brasília.

O TRF3 foi vencedor com duas práticas implantadas na Justiça Federal da Terceira Região. A primeira trata-se da conciliação pré-processual sob o título "Reclamação pré-processual - uma alternativa de prestação jurisdicional célere e econômica à solução de litígios" e outra sobre o trabalho desenvolvido na Central de Conciliação da Justiça Federal de Campo Grande com o título "Das práticas autocompositivas da Cecon/MS, instalada em campus universitário".

A conciliação pré-processual consiste na tentativa de realização de um acordo para pacificar um conflito antes que ele se transforme em um processo judicial. Já a Cecon de Campo Grande/MS foi a primeira central de conciliação instalada em uma universidade, fruto de trabalho conjunto entre a Justiça Federal de Mato Grosso do Sul, o Gabinete da Conciliação e o TRF3, em parceria inédita com a Universidade Anhanguera-Uniderp. O atendimento ao público é realizado por servidores treinados, estudantes e conciliadores voluntários.

O presidente do TRF3, Newton De Lucca, e a desembargadora federal Daldice Santana, coordenadora do Gabinete da Conciliação, foram convidados para receberem o prêmio na solenidade. No ofício encaminhado ao tribunal, o conselheiro do CNJ, Neves Amorim, cumprimentou o TRF3 pela implantação de boas práticas no trabalho da conciliação.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do TRF3