Você está aqui: Página Inicial > Outras Notícias > 2012 > Dezembro > Presidente do TRF3 recebe visita institucional de superintendente da Polícia Federal em São Paulo

Presidente do TRF3 recebe visita institucional de superintendente da Polícia Federal em São Paulo

publicado 10/12/2012 17h00, última modificação 11/06/2015 17h10

O presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), desembargador federal Newton De Lucca, recebeu, no dia 10 de dezembro, o Superintendente da Policia Federal em São Paulo, delegado Roberto Ciciliati Troncon Filho.
A visita, de caráter institucional, teve como objetivo aproximar e alinhar ações de ambas as Instituições em prol de projetos que melhorem a prestação de serviços à população. Para o delegado a aproximação entre a PF e o TRF3 é fundamental: “Temos como gestores o desafio de implementar as mudanças que o mundo contemporâneo impõe ao serviço público, para que consigamos melhorar continuadamente a prestação de serviços ao cidadão. Eu vi no Dr. Newton, em nosso primeiro contato, uma firme determinação e clareza de objetivos. Essa visita vem reafirmar nossos laços de amizade, apoio e apreço a sua gestão a frente do Tribunal”, finalizou Dr. Troncon.
O presidente do TRF3 elogiou o trabalho desempenhado pela Polícia Federal em todo país e complementou: “Dr. Troncon me acolheu logo nos primeiros dias de minha gestão, onde fizemos um convênio cooperação técnica. Algumas destas ações já foram implementadas e outras estão em andamento. A visita do Superintendente me deixa muito feliz, pois ele é um homem público com acendrado amor pelo que faz”.
Dentre os temas tratados na visita, está a utilização pela Polícia Federal de registro de depoimentos por meio de ferramentas audiovisuais, experiência bem sucedida que já ocorre em audiências de algumas varas criminais na Justiça Federal. Além disso, a PF pretende acompanhar junto ao TRF3 e ao Conselho Nacional de Justiça os trâmites do projeto do Processo Judicial Eletrônico (PJe), de modo a buscar uma integração dele com o projeto similar da Policia Federal, referente ao Inquérito Eletrônico. Com estas ações de planejamento, em um futuro próximo, a velocidade de tramitação de inquérito/processo poderá ser mais ágil, o que aperfeiçoaria o serviço prestado tanto pelo Poder Judiciário, como pelo Executivo.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do TRF3