Você está aqui: Página Inicial > Outras Notícias > 2012 > Dezembro > Educação a Distância: facilidade e qualidade na capacitação

Educação a Distância: facilidade e qualidade na capacitação

publicado 04/12/2012 15h30, última modificação 11/06/2015 17h10

A capacitação dos servidores é um desafio presente em toda a Justiça. Além de atualizar o profissional no mercado de trabalho, é um recurso estratégico para a qualificação do serviço público prestado. E na Justiça Federal da 5ª Região não é diferente: servidores do Tribunal Regional Federal da 5ª Região - TRF5 e das seis seções judiciárias vinculadas usufruem deste recurso, oferecido através do Núcleo de Desenvolvimento e Recursos Humanos (NDRH).

Buscando expandir o acesso a estas qualificações, facilitando-as para os servidores lotados em localidades distantes, o TRF5 implantou em 2009 o uso da Educação a Distância (EaD), através da plataforma Moodle (Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment), um software livre de apoio à aprendizagem.

Com a criação do Portal EaD TRF5 (http://ead.trf5.jus.br/), começaram a ser disponibilizados cursos em ambientes virtuais para os servidores e magistrados do TRF5 e das seções judiciárias da 5ª Região. Nessa página, o aluno, além de ter acesso aos materiais do curso, pode discutir com outros usuários do fórum ou conversar através do chat.

Os cursos do TRF5 também contam com tutores, que fiscalizam a participação dos alunos, orientam em relação aos conteúdos e encaminham material adicional, além de sanar dúvidas que possam surgir.

Desde a implantação da Educação a Distância no TRF5, 471 alunos de todos os estados que compõem a 5ª Região já foram beneficiados pela modalidade, que facilitou cursos abordando temas relacionados à Gestão de Processos, Docência Online e Liderança, por exemplo.

A diretora do NDRH, Nathiene Alencar, comenta que uma das dificuldades iniciais era a dúvida dos alunos sobre a qualidade do treinamento. Mas, segundo a diretora, esse obstáculo foi vencido: “Os alunos são melhor treinados e acompanhados, e percebe-se uma maior dedicação. Terminam o curso satisfeitos.”, comenta.

Para o aluno, a praticidade e comodidade são grandes vantagens, já que as aulas podem ser assistidas até mesmo em casa, e sem perder qualidade na capacitação. De acordo com Nathiene, com os cursos online é possível também atender mais servidores ao mesmo tempo do que seriam atendidos em cursos presenciais. “Também (ressalto) a troca de experiências proporcionada pelos fóruns e a possibilidade de fazer trabalhos ‘juntos e separados’: (ou seja) um mesmo grupo, mas cada um em seu lugar”, complementa Nathiene.

 

Autor: Divisão de Comunicação Social do TRF5